13:18 21 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Militares das Forças Armadas da Venezuela

    Venezuela dará início a 5 dias de exercícios militares

    © REUTERS / Carlos Garcia Rawlins
    Américas
    URL curta
    16254

    As Forças Armadas Nacionais Bolivarianas da Venezuela farão, a partir deste domingo (10), exercícios militares para demonstrar que podem proteger o país de uma invasão.

    Os exercícios militares serão realizados até o dia 15 de fevereiro, sendo os maiores e mais importantes exercícios do tipo já realizados em 200 anos de história, de acordo com o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

    Os exercícios pretendem demonstrar que o país sul-americano não é "inacessível" frente às declarações do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de que a intervenção militar na Venezuela é uma "opção".

    A tensão política na Venezuela aumentou desde que o líder da oposição, Juan Guaidó, no país se autoproclamou presidente interino. Ele foi apoiado pelo governo dos Estados Unidos e também por Brasil, Argentina e Colômbia, entre outros países.

    Já Nicolás Maduro, reeleito em 2018, é considerado o presidente legítimo da Venezuela por países como a Rússia, Turquia, México, Uruguai e China.

    Mais:

    China defende 'diálogo pacífico' para superar crise na Venezuela
    Petroleira da Venezuela quer substituir executivos dos EUA em subsidiária
    Guaidó não exclui 'autorizar' intervenção militar dos EUA na Venezuela
    Reunião de Bolsonaro e Trump discutirá Venezuela e parceria bélica, dizem especialistas
    Tags:
    crise na venezuela, Força Armada Nacional Bolivariana, Donald Trump, Juan Guaidó, Nicolás Maduro, Rússia, Colômbia, China, Uruguai, México, Turquia, Argentina, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar