12:48 25 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Roberto Ampuero, ministro das Relações Exteriores do Chile.

    Chile não irá ao Uruguai para conferência sobre crise na Venezuela

    © AFP 2019 / Mandel Ngan
    Américas
    URL curta
    856

    O Chile não pretende participar da conferência de Montevidéu voltada para o diálogo pacífico entre o governo da Venezuela e a oposição, disse o chanceler do Chile, Roberto Ampuero, nesta terça-feira (5).

    México e Uruguai estão realizar a conferência no dia 7 fevereiro, sediada na capital uruguaia. Representantes de pelo menos 10 países devem participar do encontro.

    "O grupo de contato apoia o diálogo apesar de não obrigar a realização de eleições [pelo governo da Venezuela]", disse Ampuero, acrescentando que o Chile não participaria da reunião.

    Ampuero ressaltou que o diálogo na Venezuela seria possível apenas se o presidente Nicolás Maduro chamasse uma nova eleição presidencial no país.

    EM 21 de janeiro, protestos de massa contra o presidente Nicolás Maduro eclodiram na Venezuela. Em 23 de janeiro, o líder da Assembleia Nacional venezuelana, Juan Guaidó, se autoproclamou o presidente interino da Venezuela. A medida foi apoiada pelos Estados Unidos e em seguida por outros países, como o Brasil e a Argentina.

    Maduro acusou o líder da oposição de ser uma marionete dos EUA, e afirmou que Washington estaria tentando organizar um golpe na Venezuela.

    Rússia e China, assim como outros países se recusaram a apoiar Guaidó, mantendo apoio a Nicolás Maduro como presidente legítimo do país e exigindo respeito internacional ao princípio de não interferência na Venezuela.

    Mais:

    Grupo de Lima prepara guerra contra Venezuela, diz ativista; Canadá descarta uso da força
    Evo Morales: ao admitir intervenção, Trump reconhece ser instigador do golpe na Venezuela
    Canadá barra jornalistas da Sputnik para reunião do Grupo de Lima sobre Venezuela
    Maduro diz que premiê espanhol terá mãos 'cheias de sangue' se Venezuela for invadida
    Tags:
    crise na venezuela, Roberto Ampuero, Montevidéu, México, Uruguai, Rússia, China, Brasil, Argentina, Chile, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar