04:17 06 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    131
    Nos siga no

    Diplomatas norte-americanos visitaram Paul Whelan, acusado de espionagem na Rússia, disseram à embaixada norte-americana em Moscou.

    "Hoje representantes da embaixada visitaram Paul Whelan", disse a porta-voz da missão diplomática, Andrea Kalan.

    Ele também foi visitado por diplomatas das Embaixadas da Irlanda, Canadá e Reino Unido já que Paul Whelan é um cidadão desses quatro países.

    Em 31 de dezembro, o Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) anunciou que Whelan havia sido detido em 28 de abril em Moscou "enquanto ele estava realizando atividades de espionagem", razão pela qual uma investigação criminal foi aberta.

    Seu ex-advogado, Vladimir Zherebénkov, revelou que Whelan foi preso com documentos secretos. As leis em vigor na Rússia preveem uma pena de 10 a 20 anos de prisão pelo crime de espionagem.

    Tags:
    espionagem, Paul Whelan, Estados Unidos, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar