07:03 15 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    9210
    Nos siga no

    A ministra francesa para Assuntos Europeus, Nathalie Loiseau, disse que a França reconhecerá Juan Guaidó como presidente da Venezuela caso novas eleições não sejam convocadas até a noite deste domingo (3).

    Guaidó é o chefe Assembleia Nacional da Venezuela e se declarou presidente interino em 23 de janeiro.

    "A eleição [do presidente venezuelano Nicolás] Maduro foi uma farsa. Se ele não se empenhar em organizar eleições presidenciais antes de hoje à noite, consideraremos Guaidó como o legítimo presidente da Venezuela", disse Loiseau, segundo o jornal Le Figaro.

    Maduro enfrenta crescente pressão internacional para deixar o cargo.

    Os Estados Unidos e o Grupo de Lima (Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Paraguai e Peru) já reconhecem Guaidó como presidente.

    Mais:

    Guaidó afirma que vai pedir ajuda à União Europeia para proteger ativos da Venezuela
    Guaidó: 'Projetos chineses na Venezuela foram afetados pela corrupção do governo'
    General da Força Área reconhece Guaidó como presidente da Venezuela
    Venezuela deveria ter novas eleições sem Maduro ou Guaidó, afirma Mujica
    'Maior perdedor será o povo' caso dinheiro da Venezuela fique nas mãos de Guaidó
    Tags:
    Nicolás Maduro, Juan Guaidó, Venezuela, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar