10:58 15 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Juan Guaidó, líder da oposição venezuelana

    Oposição venezuelana rechaça participar de diálogo com Maduro

    © AP Photo / Fernando Llano
    Américas
    URL curta
    Crise política na Venezuela se agrava (163)
    955
    Nos siga no

    A oposição venezuelana descartou participar de quaisquer conversações com o presidente Nicolás Maduro. A informação foi divulgada pelo enviado do líder oposicionista Juan Guaidó.

    No início desta semana, o procurador-geral da Venezuela, Tarek Saab, fez um apelo para que a Suprema Corte do país abrisse um processo contra Juan Guaidó, proibindo também que o autoproclamado presidente interino deixasse o país.

    Segundo o enviado para os Estados Unidos, nomeado por Guaidó, as forças da oposição não se engajarão em um diálogo com o governo de Nicolás Maduro.

    Anteriormente, o autoproclamado presidente interino da Venezuela, em entrevista à CNN, havia afirmado que o movimento de oposição no país era capaz de realizar uma transição pacífica de poder e eleições livres.

    Em 23 de janeiro, o presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Juan Guaidó, se autoproclamou presidente interino da Venezuela. Os EUA e uma série de outros países, inclusive o Brasil, reconheceram Guaidó como presidente da Venezuela. A Rússia e vários outros países, incluindo a China, Cuba, e México apoiam a permanência de Maduro.

    Tema:
    Crise política na Venezuela se agrava (163)
    Tags:
    oposição, crise, Juan Guaidó, Venezuela, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar