04:11 28 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    14231
    Nos siga no

    O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, concedeu uma entrevista exclusiva à Sputnik nesta terça-feira (29) em que afirmou que ainda não foi emitido nenhum mandado de prisão contra o chefe do Parlamento venezuelano, Juan Guaidó, que se autoproclamou presidente do país.

    "Até onde eu sei, essa medida não foi dada, vamos esperar pelos processos internos, constitucionais e judiciais para ver quais são seus resultados", disse o presidente.

    No entanto, na opinião de Maduro, "um golpe na Venezuela está sendo executado, a Constituição foi violada".

    "Mas é uma opinião, cabe ao Procurador Geral da República, ele já agiu, cabe ao Supremo Tribunal de Justiça atuar, ele está agindo, e o que a Procuradoria ordenar os tribunais do sistema jurídico venezuelano vão cumprir", afirmou.

    Mais cedo, a Suprema Corte da Venezuela proibiu Guaidó de deixar o país e bloqueou sua conta bancária até o final das investigações.

    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar