17:39 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Soldados norte-americanos no Afeganistão (foto de arquivo)

    EUA dizem 'levar a sério' a promoção da paz no Afeganistão e retirada de tropas

    © AFP 2019 / Johannes EISELE
    Américas
    URL curta
    8 0 0
    Nos siga no

    O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, declarou neste domingo (27) que o país está disposto a promover a paz no Afeganistão e retirar suas tropas do país.

    "Os EUA levam a sério a busca da paz, impedindo que o Afeganistão continue a ser um espaço para o terrorismo internacional e levando suas forças para casa. Trabalhando com o governo afegão e todas as partes interessadas, os EUA buscam fortalecer a soberania afegã, a independência e prosperidade", publiou Pompeono Twitter.

    Atualmente, há cerca de 14 mil soldados dos EUA, além de cerca de 16 mil militares da OTAN e dos países parceiros implantados no Afeganistão. As forças estão envolvidas em uma missão de treinamento e apoio para as forças armadas afegãs.

    O Afeganistão sofre há muito tempo com uma instável situação política, social e de segurança por conta da atividade de vários grupos terroristas e radicais, incluindo o Daesh (proibido na Rússia e em uma série de países.

    As Forças Nacionais de Defesa e Segurança do Afeganistão, apoiadas por uma coalizão liderada pelos EUA, estão conduzindo operações conjuntas de ataque para combater o terrorismo em todo o país.

    Mais:

    MRE russo: EUA tentam esconder informação real sobre quem patrocina Daesh no Afeganistão
    Guerra dos EUA no Afeganistão está perdida, conclui National Interest
    Mídia: EUA manterão operações contra extremistas no Afeganistão
    EUA realizaram em 2018 o maior número de bombardeios no Afeganistão da série histórica
    Tags:
    tropas, paz, Afeganistão, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar