10:35 17 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    El Papa Francisco a bordo del avión a camino de Panamá

    Papa chama de 'sem sentido' a condenação de todo imigrante como ameaça

    © REUTERS / Alessandro Bianchi
    Américas
    URL curta
    201

    O papa Francisco declarou nesta sexta-feira, no Panamá, que é "sem sentido" condenar todos os imigrantes como uma ameaça à sociedade.

    Francisco falava depois de conduzir uma solene cerimônia para centenas de milhares de jovens peregrinos no evento da Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

    O pontífice disse que a Igreja queria fomentar uma cultura "que acolhe, protege, promove e integra, que não estigmatize, muito menos se entregue a uma condenação insensata e irresponsável de todo imigrante como uma ameaça à sociedade".

    Em um discurso abrangente para encerrar uma reunião maciça de jovens em um parque no Panamá, o papa também fez um apelo pelo meio ambiente que, segundo ele, foi "pisoteado por desrespeito e uma fúria de consumo além de qualquer razão".

    A sociedade em geral "perdeu a capacidade de chorar e de ser movida pelo sofrimento".

    Em vez de solidariedade "de uma sociedade opulenta" muitos encontraram rejeição, tristeza e miséria "e são apontados e tratados como responsáveis pelos males de toda a sociedade".

    Mais:

    Papa Francisco faz reunião com bispos chilenos para tratar de escândalo de pedofilia
    Papa Francisco celebra a maternidade na primeira missa do Ano Novo
    Papa Francisco diz que pode visitar Pyongyang se for oficialmente convidado
    Tags:
    crise de imigrantes, imigrantes, juventude, catolicismo, religião, Jornada Mundial da Juventude (JMJ), Igreja Católica, Papa Francisco, Panamá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar