01:14 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Nicolás Maduro, presidente da Venezuela

    Maduro decide fechar embaixada e consulados da Venezuela nos EUA

    © REUTERS / Miraflores Palace
    Américas
    URL curta
    9161
    Nos siga no

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro declarou ter decidido fechar a embaixada do país e todos os consulados nos Estados Unidos.

    Nicolás Maduro também disse que concorda com o apelo do México e do Uruguai para o diálogo, informou Reuters.

    Mais cedo nesta quinta-feira, a embaixada da Venezuela nos Estados Unidos suspendeu os serviços consulares devido à ruptura das relações diplomáticas entre os países.

    Nicolás Maduro cortou relações diplomáticas com os Estados Unidos na quarta-feira, acusando Washington de tentar realizar um golpe de Estado em Caracas. Wasington, por sua vez, pediu que ele renunciasse, e manifestou apoio ao líder da oposição, Juan Guaidó.

    O governo dos EUA foi um dos primeiros a reconhecer o líder da oposição, Juan Guaidó, como presidente interino da Venezuela. Outros países seguiram seu exemplo, tais como: Canadá, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Geórgia, Guatemala, Honduras, Panamá, Paraguai e Peru.

    Maduro disse que Washington tentou encenar um golpe de Estado na Venezuela e anunciou sua decisão de cortar relações diplomáticas com os Estados Unidos.

    Mais:

    EUA oferecem US$ 20 milhões em ajuda humanitária à Venezuela
    Embaixada da Venezuela em Washington suspende serviços consulares
    Quão desagradável seria a 'aventura' brasileira em uma intervenção militar na Venezuela?
    Ministro da defesa da Venezuela diz que há um golpe 'contra as instituições e democracia'
    'Imagine se fosse nos EUA': Medvedev critica apoio da Casa Branca a Guaidó na Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar