13:31 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Nicolás Maduro, presidente de Venezuela

    'Bolsonaro é um Hitler dos tempos modernos', diz Maduro

    © REUTERS / Adriana Loureiro
    Américas
    URL curta
    282818
    Nos siga no

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta segunda-feira (14) novas medidas econômicas para melhorar a situação do país e voltou a criticar o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL).

    Ao anunciar o "Plano da Pátria 2019-2025" na Assembleia Nacional Constituinte, Maduro disse que "os chavistas têm um plano" e dirigiu críticas à Argentina e a Bolsonaro:

    "Aqui está o exemplo da Argentina. Eles endividaram-se. E nós temos o Brasil. Bolsonaro é um Hitler dos tempos modernos, ele é um fantoche de seitas", disse Maduro, segundo transcrição da Infobae (link em espanhol). 

    O presidente venezuelano também prometeu aumentar a produção de petróleo para até 5 milhões de barris de petróleo por dia até 2025. Maduro disse que a Venezuela é "uma revolução que multiplica pães e peixes".

    Maduro assumiu seu segundo mandato presidencial na semana passada e enfrenta pressão da comunidade internacional. A União Europeia, a Organização dos Estados Americanos (OEA) e o Grupo de Lima não reconhecem a legitimidade de Maduro para ocupar o cargo.

    Já o Brasil emitiu uma nota, por meio do Itamaraty, reconhecendo o presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Juan Guaidó, como presidente do país.

    Guaidó chegou a ser detido brevemente pelas forças de segurança no domingo (13), mas foi liberado após poucas horas. Maduro disse que os oficiais envolvidos no episódio foram demitidos.

    Mais:

    Flávio Bolsonaro promete explicar movimentação financeira do assessor ao MP
    Consea foi extinto por Bolsonaro porque incomodava grandes corporações, diz geógrafo
    Com inflação baixa governo Bolsonaro pode baixar taxa de juros, diz economista
    Fórum Econômico Mundial terá protestos contra Bolsonaro e Trump
    Aliado de Bolsonaro, líder da Hungria promete 'combater' Macron na UE
    Colômbia defende criar 'Prosul' para substituir Unasul
    Tags:
    Jair Bolsonaro, Nicolás Maduro, Brasil, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar