10:25 24 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Bandeiras da Venezuela e dos EUA

    Venezuela recorre à OMC contra sanções dos EUA

    © AFP 2019 / Don Emmert
    Américas
    URL curta
    961

    A Venezuela apresentou uma queixa à Organização Mundial do Comércio (OMC) contra as restrições comerciais dos Estados Unidos aplicadas em produtos e serviços venezuelanos, informou a OMC nesta terça-feira (8).

    Em comunicado, a OMC afirma que Caracas acusa Washington de violar o Acordo Geral sobre Tarifas e Comércio da OMC e o Acordo Geral sobre Comércio de Serviços.

    A delegação venezuelana disse em carta à OMC que os EUA haviam introduzido medidas coercivas que restringiam o comércio da Venezuela em uma tentativa de isolar economicamente o país latino-americano.

    A carta observa que Caracas está buscando interlocução com o governo dos EUA.

    Por anos, a Venezuela vive em um estado de crise política e econômica, uma situação agravada pelo declínio dos preços do petróleo e pelas sanções dos Estados Unidos.

    A Casa Branca acusa a Venezuela de violações dos direitos humanos e corrupção. Já o Tesouro dos EUA congelou contas de dezenas de autoridades venezuelanas. Em 1º de novembro, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenou a imposição de sanções e bloqueou as operações da Venezuela com suas reservas de ouro. Nesta terça-feira, os Estados Unidos impuseram novas sanções a 7 indivíduos e 24 entidades — incluindo a emissora privada Globovision, uma das maiores do país.

    Mais:

    EUA adotam sanções contra 7 indivíduos e 23 entidades da Venezuela
    Eduardo Bolsonaro sugere que oposição na Venezuela estabeleça um governo de transição
    Venezuela expressa repúdio e denuncia nova fase de plano intervencionista dos EUA
    Maduro rebate críticos e diz que seu novo mandato na Venezuela é legítimo
    Washington prepara nova 'revolução colorida' na Venezuela, diz senador russo
    Tags:
    Estados Unidos, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar