01:37 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Macri durante a cúpula dos Brics, em 2018.

    Argentina de Macri entra em recessão e pode ter queda de 2,6% no PIB

    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Américas
    URL curta
    832
    Nos siga no

    O Produto Interno Bruto (PIB) da Argentina teve queda de 3,5% no terceiro trimestre levando o país à recessão econômica. A queda é de 1,4% em relação ao período de janeiro a setembro de 2017. O FMI estima queda de 2,6% na economia argentina em 2018.

    As informações foram divulgadas na terça-feira (18) pelo Instituto Nacional de Estatísticas e Censos do país. Também houve queda no PIB no segundo trimestre, alcançando 4% de déficit.

    O relatório aponta que a maior queda foi no setor de comércio, com diminuição de 8,9% na atividade econômica. Houve quedas também na pesca, queda de 7,3%; e na indústria manufatureira, queda de 6,6%.

    Em 2018, a crise econômica na Argentina fez com que o governo do presidente Mauricio Macri recorresse ao Fundo Monetário Internacional (FMI). O FMI fechou um empréstimo de US$ 56 bilhões aos argentinos.

    O próprio fundo aponta que a economia argentina continuará patinando. As projeções do FMI apontam que o PIB argentino cairá 2,6% em 2018 e 1,6% em 2019.

    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar