16:12 21 Maio 2019
Ouvir Rádio
    In this photo taken on Sunday, April 21, 2013, Maria Butina, leader of a pro-gun organization in Russia, speaks to a crowd during a rally in support of legalizing the possession of handguns in Moscow, Russia

    Butina se declara culpada em processo que foi acusada de atuar como agente estrangeira

    © AP Photo /
    Américas
    URL curta
    319

    A cidadã russa María Bútina declarou-se culpada nesta quinta-feira (13) perante um tribunal norte-americano. Ela foi acusada de conspirar e atuar como agente estrangeiro.

    "Sim", a réu respondeu quando perguntada se ela havia conspirado deliberadamente contra os Estados Unidos.

    Butina, recém-formada em Relações Internacionais em uma universidade dos EUA, foi presa no dia 15 de julho em Washington por supostamente conspirar para atuar como agente estrangeira sem se registrar no Departamento de Justiça, acusação que nega.

    Ela foi presa sem a possibilidade de pagamento de fiança até o julgamento começar. Agora ela continuará cumprindo pena de até 15 anos de prisão.

    A Rússia repudiou sua detenção e criticou o governo dos EUA dizendo que as acusações contra Butina "claramente não possuem bases".

    Tags:
    agente, conspiração, Maria Butina, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar