09:35 18 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Cidadã russa Maria Butina, presa nos Estados Unidos em 15 de julho de 2018 sob suspeita de espionagem

    Butina concordou em se declarar culpada e cooperar com as autoridades dos EUA

    Facebook / Maria Butina
    Américas
    URL curta
    633

    A cidadã russa María Butina concordou em se declarar culpada de acusações de conspiração e a cooperar com as autoridades norte-americanas, informou a imprensa estadunidense nesta segunda-feira (10), citando um documento que será apresentado ao tribunal.

    Butina e um cidadão norte-americano não identificado admitiram que "conspiraram com um oficial do governo da Rússia (" oficial russo ") e com pelo menos uma outra pessoa para que Butina atuasse nos Estados Unidos seguindo as instruções do oficial russo sem notificar as autoridades norte-americanas.

    O crime de conspiração é punido com até cinco anos de prisão, mas Butina poderia obter alívio por meio de sua cooperação com as autoridades, segundo o relatório.

    O Ministério de Relações Exteriores da Rússia alegou que as acusações foram fabricadas e qualificou a continuação da detenção de Butina como inaceitável.

    Tags:
    conspiração, cooperação, Maria Butina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar