06:20 13 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, em encontro com o líder russo, Vladímir Putin, em Moscou

    Rússia e Venezuela já investem em cooperação até 2025

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Américas
    URL curta
    571

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse que na próxima reunião de alto nível com a Rússia, as relações diplomáticas e comerciais de seu novo mandato (2019-2025), que começa em 10 de janeiro, serão analisadas.

    "Em março de 2019 será realizada a reunião da Comissão Mista Rússia-Venezuela, uma reunião de alto nível em Moscou, que abordará todas as áreas de desenvolvimento e nos permitirá projetar nossa relação de cooperação estratégica para o sexênio 2019-2025", escreveu o presidente no Twitter.

    ​Maduro desembarcou em Moscou no dia 4 de dezembro, onde realizou, acompanhado de seus ministros, uma reunião com o presidente Vladimir Putin e sua equipe do governo.

    De acordo com declarações de Maduro, antes de seu retorno à Venezuela, os dois países assinaram uma série de acordos nas áreas de petróleo, telecomunicações, defesa, mineração e comercialização.

    O chefe de Estado venezuelano disse que as empresas russas assinaram um acordo com a Venezuela no valor de 5 bilhões de dólares, com objetivo de aumentar a produção de petróleo.

    Por outro lado, Venezuela anunciou a compra de 600 mil toneladas de trigo russo, bem como a celebração de acordos para produção de armas, exploração de ouro. Além disso, uma reunião foi agendada com empresários russos para avaliar os investimentos na extração de diamantes no país sul-americano.

    Mais:

    Rússia continuará ajudando Venezuela, diz Kremlin
    Maduro diz que Venezuela só venderá petróleo em petro no ano que vem
    Rússia e Venezuela assinam acordo de mais de 5 bilhões de dólares para o setor petroleiro
    Rússia condena qualquer tentativa de mudar situação da Venezuela à força, diz Putin
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik