06:28 10 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 20

    Em 1996, a Assembleia Geral das Nações Unidas reconheceu oficialmente o dia 7 de dezembro como o Dia Internacional da Aviação Civil e, hoje, a Sputnik detalha tudo o que você precisa saber sobre o transporte aéreo na América Latina.

    A data tem o intuito de destacar a importância do transporte aéreo para o desenvolvimento em todo o mundo. Sob o lema "nenhum país é deixado para trás", a Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) sublinha "o enorme poder de transformação da conectividade aérea para melhorar a vida das pessoas".

    Somente em 2017, foram realizados 37 milhões de voos comerciais, que transportaram 4,1 bilhões de passageiros e 56 milhões de toneladas de carga, segundo dados da OACI. O serviço gerou 65 milhões de empregos e transferiu 2,7 bilhões de dólares para o PIB mundial, enquanto a previsão futura é de crescimento.

    "As previsões atuais indicam que o número de passageiros e operações no transporte aéreo global dobrará em meados da década de 2030. Até lá, espera-se que nada menos que 200.000 voos decolarão e pousarão em todo o mundo", disse em comunicado o diretor da ICAO, Fang Liu.

    Devido à data comemorativa, a Sputnik apresenta os detalhes da aviação civil na América Latina, cujas companhias aéreas registraram em 2017 um aumento de tráfego de 9,3% em relação ao ano anterior, de acordo com a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA).

    Com 281 milhões de viajantes (o equivalente a 7% do total mundial) no ano referido, o continente latino "dobrou o número de passageiros" na última década, segundo os dados disponibilizados pela Associação Latino-Americana de Transporte Aéreo (ALTA).

    O Brasil está em primeiro lugar da lista de maior número de pessoas transportadas, com 100,1 milhões de passageiros, seguido pelo México (89,6 milhões), Colômbia (36,3 milhões), Argentina (27 milhões) e Peru (23,4 milhões).

    Imagem do modelo E195-E2, da mais nova geração da empresa brasileira de aviação Embraer
    © Foto : Divulgação / Facebook Embraer
    O top 5 dos aeroportos mais movimentados da América Latina em 2017 (em número de passageiros) colocou a Cidade do México no topo do ranking, com um total de 44,3 milhões de viajantes. Em segundo lugar ficou São Paulo-Guarulhos com 37,7 milhões, seguido por Bogotá-El Dorado (30,9 milhões), Cancún (23,6 milhões) e Lima-Jorge Chávez (22,0 milhões).

    Em relação às maiores companhias aéreas latino-americanas em número de passageiros, na frente está a gigante LATAM (Chile-Brasil) com 67,1 milhões de pessoas, deixando a Gol (Brasil) na segunda posição com 32,4 milhões e, em terceiro, a Avianca (Colômbia) com 29,4 milhões.

    Face ao importante papel desempenhado por este meio de transporte nas relações e intercâmbios entre os povos, a aviação contribuiu para a proximidade e desenvolvimento, constituindo um fator socioeconômico muito importante para o mundo.

    Mais:

    Índia pode emergir como o terceiro maior mercado de aviação civil até 2020
    Nenhum sobrevivente na queda do avião paquistanês, informa Autoridade de Aviação Civil
    Primeiro bombardeiro a jato da Alemanha nazista teria inovado aviação militar, diz mídia
    Fragatas russas realizam exercícios com aviação no mar Mediterrâneo
    Tags:
    passageiros, transporte aéreo, aviação civil, aeronave, avião, IATA, Organização Internacional de Aviação Civil (ICAO), Gol, Latam, Brasil, América Latina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik