01:54 10 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    FBI

    FBI invade escritório de advogado que fez declaração de impostos de Trump

    © AFP 2018 / Mandel Ngan
    Américas
    URL curta
    0 20

    Agentes federais supostamente invadiram o escritório de um advogado que já realizou trabalhos fiscais para o presidente dos EUA, Donald Trump.

    Agentes federais apareceram sem avisar no escritório do presidente do Comitê Municipal de Finanças, Ed Burke, cobriram as janelas e os pisos com papel pardo e ordenaram que todos saíssem, informou o Chicago Sun-Times.

    Cerca de 15 agentes chegaram à prefeitura na manhã de quinta-feira, trazendo suas próprias caixas. Alguns, então, atravessaram a rua em direção ao estacionamento subterrâneo no Daley Center para encontrar o carro de Burke, mas não ele não estava lá.

    Os agentes passaram aproximadamente meio dia no escritório de Burke, saindo com a caixa de arquivos, um computador e dois monitores de computador.

    Um porta-voz do gabinete do procurador dos EUA se recusou a comentar sobre a operação quando contatado pelo Sun-Times. Burke emitiu um comunicado ontem à tarde sobre o ataque.

    “Como vocês sabem, houve anteriormente várias outras investigações como essa. Em todos os casos, nós cooperamos plenamente. E em todos os casos nada foi encontrado”, disse Burke, de acordo com o Chicago Sun-Times. "Então mais uma vez estaremos cooperando plenamente e estou completamente confiante de que no final do dia nada será encontrado neste caso também."

    O escritório de advocacia de Burke, Klafter & Burke, trabalhou com as empresas de Trump repetidamente para reduzir a carga tributária sobre a Trump Tower e suas outras propriedades em Chicago, de acordo com o Sun-Times. Ao longo de seus 12 anos trabalhando para Trump, Burke supostamente foi capaz de reduzir os impostos sobre a propriedade na torre do centro em mais de US $ 14 milhões, segundo o jornal.

    Burke deixou de trabalhar para Trump neste verão, citando “diferenças irreconciliáveis” em cartas arquivadas no Conselho de Apelação do Imposto sobre a Propriedade do Estado de Illinois.

    O ataque ocorreu quando o ex-advogado pessoal de Trump, Michael Cohen, entrou em um acordo para cooperar com a investigação do advogado especial Robert Mueller sobre a suposta interferência da Rússia nas eleições de 2016 e conluio com a equipe de Trump.

    Trump negou repetidamente todas as alegações, submetendo respostas escritas a uma lista de perguntas de Mueller na semana passada. Moscou também negou consistentemente todas essas alegações.

    Tags:
    Conselho de Apelação do Imposto sobre a Propriedade do Estado de Illinois, Klafter & Burke, Daley Center, Comitê Municipal de Finanças de Chicago, Trump Tower, Chicago Sun-Times, Ed Burke, Michael Cohen, Robert Mueller, Donald Trump, Estados Unidos, Illinois, Moscou, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik