11:48 12 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Marinhas dos EUA e do Reino Unido realizam exercícios marítimos conjuntos no Ártico

    EUA anunciam necessidade de reforçar presença militar no Ártico

    © Foto: Marinha dos EUA
    Américas
    URL curta
    105

    Os EUA consideram necessário o reforço de sua presença militar no Ártico, segundo diz o relatório oficial do Escritório de Prestação de Contas do Governo dos Estados Unidos (GAO, na sigla em inglês) dedicado à avaliação das ameaças que os EUA enfrentam na região.

    Segundo as pesquisas do Centro Nacional de Dados sobre Neve e Gelo (NSIDC, na sigla em inglês), desde 1981 a área de gelo no Ártico diminuiu significativamente.

    "Essas mudanças podem contribuir para o aumento da atividade comercial ou outras atividades marítimas na região, o que a par das disputas sobre direitos soberanos pode exigir dos EUA o aumento no Ártico da presença de suas Forças Armadas e forças de segurança interna", ressalta o estudo do Escritório de Prestação de Contas do Governo dos EUA.

    Assinala-se que os EUA devem possuir as necessárias capacidades militares para defender seus interesses no oceano Ártico, e se sublinha que a região possivelmente teria 13% das reservas mundiais de petróleo não exploradas, 30% do gás, bem como jazidas de ouro, zinco, platina e níquel estimadas em 1 trilhão de dólares.

    O relatório do GAO cita a Estratégia da Defesa Nacional dos EUA de 2018, que destaca que Washington deve prevenir a "agressão" da Rússia e da China.

    O GAO diz que os representantes da Guarda Costeira dos EUA consideram os investimentos russos em energia, logística e infraestrutura ao longo do oceano Ártico como um "fator de risco" e preveem o aumento da probabilidade de "incidentes marítimos" na região.

    Segundo a opinião dos especialistas russos, por trás de tal retórica os norte-americanos escondem sua insatisfação pelo seu atraso em comparação com o nível de desenvolvimento da infraestrutura russa e seus planos de aumentar sua influência na região.

    Mais:

    Canadá prepara resposta à 'ameaça russa' no Ártico, diz mídia
    Stoltenberg revela reação da OTAN às ações russas no Ártico
    Helicóptero russo é aprovado em todos os testes para operar no Ártico
    Especialista: ninguém tem experiência como a Rússia no Ártico
    Todos os alvos interceptados: Marinha russa testa moderna defesa antiaérea no Ártico
    Tags:
    capacidade militar, reforço, presença militar, jazidas, Forças Armadas dos EUA, Rússia, EUA, Ártico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik