14:13 11 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Alan García, ex-presidente do Peru

    Ex-presidente do Peru pede asilo no Uruguai

    © AP Photo / Martin Mejia
    Américas
    URL curta
    331

    O ex-presidente do Peru, Alan García, solicitou asilo político na embaixada do Uruguai, em Lima, depois da justiça ter proibido a sua saída do país, no âmbito da investigação de um caso de propina envolvendo a brasileira Odebrecht, informou a agência EFE.

    Neste domingo, a chancelaria do Uruguai confirmou em um comunicado o pedido de García. O ex-mandatário teria visitado a residência do embaixador uruguaio, Carlos Alejandro Barros, em Lima, para fazer o pedido.

    Agora Montevidéu deve avaliar a solicitação do ex-presidente, investigado no âmbito de um processo contra a Odebrecht no país. Segundo a imprensa do Peru, o político teria recebido US$ 100 mil da empresa brasileira por uma palestra por favorecer as atividades da empreiteira durante o seu mandato.

    No sábado, a justiça peruana atendeu ao pedido da procuradoria de proibir a saída do ex-presidente do país por 18 meses.

    O caso de suborno envolvendo a Odebrecht afetou os últimos quatro presidentes do Peru. Os ex-mandatários Ollanta Humala e Pedro Pablo Kuczynski estão enfrentando investigações no país, enquanto Alejandro Toledo enfrenta um processo de extradição nos Estados Unidos.

    Mais:

    Ex-presidente peruano Kuczynski adia entrega de informações da Odebrecht
    MP peruano interroga funcionários da Odebrecht sobre desvios
    Terceira denúncia vem aí? PF conclui que Temer recebeu propinas da Odebrecht
    Lula e Gleisi são denunciados por supostas relações ilícitas com a Odebrecht
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik