16:54 17 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Militantes do grupo xiita libanês Hezbollah

    Argentinos são presos por suposta ligação com o Hezbollah

    © AP Photo / Mohammed Zaatari
    Américas
    URL curta
    233

    Dois cidadãos argentinos foram presos por suspeitas de ligação com o grupo libanês Hezbollah, segundo informou o Ministério de Segurança do país.

    Os dois suspeitos, de 23 e 25 anos, foram detidos nesta quinta-feira, em uma residência de Buenos Aires. Junto com eles, a polícia encontrou um pequeno arsenal, incluindo um rifle, uma espingarda e várias pistolas, entre outros armamentos. 

    Segundo as autoridades, no imóvel onde a operação foi realizada, também foram encontradas evidências de viagens para o exterior junto com credenciais em árabe e uma bandeira do Hezbollah. 

    As prisões aconteceram a poucos dias da próxima cúpula do G20, que acontece no final do mês na capital argentina. Hoje, a ministra da Segurança, Patricia Bullrich, afirmou que as forças locais estão em alerta máximo para qualquer atividade suspeita antes da cúpula, de acordo com a agência Reuters.

    Mais:

    EUA oferecem US$ 5 milhões pela 'cabeça' de líderes do Hamas e Hezbollah
    Israel descobre novo posto de observação do Hezbollah na fronteira com o Líbano
    PF prende foragido internacional no Paraná que teria ligações com o Hezbollah
    Netanyahu promete 'golpe esmagador' se Hezbollah usar seus 'foguetes de precisão'
    Tags:
    Reuters, Hezbollah, G20, Patricia Bullrich, Buenos Aires, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik