02:08 15 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Caravana de migrantes hondurenhos atravessam o México na direção à fronteira dos EUA

    EUA não têm plano de 'contato' militar com caravana de imigrantes, diz membro do governo

    © Sputnik / Jesus Alvarado
    Américas
    URL curta
    0 21

    Os militares dos Estados Unidos não planejam agir diretamente contra os imigrantes que viajam em caravana através do México em direção aos EUA. A afirmação foi feita pelo chefe do gabinete do governo norte-americano, Joseph Dunford, durante um discurso na Universidade de Duke.

    "De volta à caravana […]. Não há nenhum plano das forças militares dos EUA de envolvimento na missão de negar a entrada de pessoas nos Estados Unidos, não há planos para soldados entrarem em contato com imigrantes ou de reforçar o Departamento de Segurança Interna enquanto eles conduzem sua missão", afirmou Dunford na segunda-feira (5).

    Ele ainda acrescentou que o Departamento de Segurança Interna dos EUA, assim como a Alfândega norte-americana seriam os principais responsáveis pelo tratamento em relação à caravana, a partir do momento que ela chegue até a fronteira.

    O chefe de gabinete também afirmou que o papel do Departamento de Defesa é de ser responsável apenas em dar suporte com logística, reforçar os postos de entrada na fronteira, e garantir suporte médico.

    A caravana de imigrantes, que saiu de Honduras em direção ao México e aos EUA no dia 13 de outubro, espera conseguir asilo em solo norte-americano. De acordo com estimativas da Organização das Nações Unidas (ONU) a caravana tem cerca de 7 mil pessoas. Já as autoridades mexicanas afirmam que o grupo que atravessa o território do México tem cerca de 3,6 mil pessoas.

    A viagem dos imigrantes em direção aos EUA tem sido um tema recorrente da campanha das eleições legislativas deste ano e tem surgido com frequência nos discursos do presidente Donald Trump, que viaja os Estados Unidos participando de comícios do partido Republicao. Trump prometeu enviar até 15 mil militares para conter a caravana hondurenha.

    Mais:

    Trump: pedras lançadas por caravana de imigrantes serão consideradas 'armas de fogo'
    Trump promete até 15 mil militares contra caravana de imigrantes
    EUA: 'Todas as opções estão na mesa' para barrar caravana de imigrantes
    Trump garante que os Estados Unidos vão tentar parar a caravana de migrantes
    Tags:
    caravana, imigrantes, Partido Republicano, Joseph Dunford, Donald Trump, Honduras, México, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik