02:09 15 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA, Donald Trump, durante comício de campanha no Aeroporto Regional de Columbia (COU), no estado norte-americano de Missouri, em 1 de novembro de 2018

    Trump acha que sua abordagem à Coreia do Norte salvou mundo de guerra nuclear

    © REUTERS / CARLOS BARRIA
    Américas
    URL curta
    1006

    Caso não tivesse se esforçado por regularizar a situação com a Coreia do Norte, o mundo estaria correndo o risco de sofrer uma guerra nuclear, afirmou o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na quinta-feira (1º).

    O líder americano esteve pela segunda vez neste ano no estado norte-americano de Missouri no âmbito de sua campanha para as próximas eleições de meio de mandato.

    Durante a reunião, ele deixou sua opinião sobre vários assuntos polêmicos, além, é claro, de revelar que ajudou o mundo a evitar o pior.

    "Nós estaríamos em uma guerra nuclear agora se a pessoa certa não tivesse aparecido", disse Trump falando sobre a sua ação na Coreia do Norte, durante o briefing.

    Além disso, o presidente estadunidense também falou que suas relações com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, são "muito boas".

    Em 12 de junho, Singapura sediou a cúpula histórica dos líderes da Coreia do Norte e dos EUA, após a qual ambos os presidentes estabeleceram "novas relações" entre as suas nações.

    Mais:

    'Sinais positivos': conselheiro de Trump elogia vitória de Bolsonaro
    Trump: pedras lançadas por caravana de imigrantes serão consideradas 'armas de fogo'
    China alerta Bolsonaro: 'Trump Tropical' pode encarar 'custo' se romper seu maior parceiro
    Trump: 'Cidadania automática a nascidos nos EUA não está coberta pela Constituição'
    Tags:
    eleições de 2018 nos EUA, campanha eleitoral, guerra nuclear, declaração, Donald Trump, Kim Jong-un, Missouri, Estados Unidos, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik