07:17 16 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Logotipo do petro é exibido ao lado das imagens do falecido presidente venezuelano Hugo Chávez e do atual líder do país, Nicolás Maduro, em um prédio no centro de Caracas, em 21 de setembro de 2018

    Petro: diretor do Banco de Desenvolvimento da China apoia venda da criptomoeda venezuelana

    © AFP 2018 / Federico Parra
    Américas
    URL curta
    261

    O diretor do Banco de Desenvolvimento da China, Tian Yunhay, expressou seu apoio ao governo venezuelano no âmbito do início da venda da criptomoeda petro e foi uma das autoridades que compareceram à Superintendência Nacional de Criptoativos, em Caracas, nesta quarta-feira, para comprar a moeda digital.

    "Gosto muito do ministro (da Economia) Simón (Zerpa), e também apoio essa moeda bastante nova para todos. Hoje já experimentei a compra do petro e tenho muito orgulho disso e também deixo os mais parabéns", disse Yunhay em entrevista para a emissora estatal Venezolana Televisión.

    Em 29 de outubro, o governo venezuelano iniciou a venda do petro, assegurando que o ativo servirá para o intercâmbio comercial internacional, bem como para o país deixar de operar com dólar.

    Até agora não é possível comprar petros com bolívares (moeda local), e uma dessas criptomoedas equivale a 60 dólares.

    A vice-presidente, Delcy Rodríguez, se reuniu esta semana com representantes do Banco de Desenvolvimento da China para promover o plano de desenvolvimento econômico com o qual o governo busca enfrentar a crise que afeta o país caribenho.

    Em setembro, o presidente Nicolás Maduro viajou para a China, onde se reuniu com seu colega Xi Jinping e obteve um empréstimo de 5 bilhões de dólares.

    O presidente ressaltou que seu país deve aumentar a produção de petróleo bruto que envia a nação asiática para pelo menos 1 milhão de barris por dia antes do final de 2019.

    O país caribenho fortaleceu alianças com países como Rússia, China e Turquia, com o objetivo de superar a difícil situação econômica que enfrenta com sanções impostas pelos Estados Unidos.

    Mais:

    Air Europa e Venezuela assinam acordos de investimento com pagamento em petro
    Independência do dólar: economista indica principal objetivo do petro venezuelano
    Depois do ouro, agora é o petro que vai salvar economia venezuelana?
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik