15:36 12 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Chanceler russo Sergei Lavrov em reunião com o presidente da Venezuela Nicolás Maduro

    Venezuela sugere aumentar cooperação estratégica com a Rússia

    © AFP 2018 / CANCILLERIA
    Américas
    URL curta
    8151

    O governo venezuelano sugeriu nesta quarta-feira (31) que pretende aumentar a cooperação estratégica deve aumentar, segundo afirmou o vice-presidente da Economia venezuelana, Tareck El Aissami.

    "Nós propusemos o aumento da cooperação bilateral e estratégica entre a Venezuela e a Rússia para o bem-estar de nossos povos e nossas soberanias. Eu agradeço o camarada Yury Borisov, o vice-primeiro-ministro [russo], por sua atenção e solidariedade", afirmou El Aissami através de sua conta oficial no Twitter após um encontro com Borisov na Feira Internacional de Havana.

    ​Enquanto isso, a delegação russa, liderada pelo vice-ministro das Finanças da Rússia, Serguei Storchack, está em visita a Caracas. Mais cedo nesta quarta-feira (30), os oficiais russos se encontraram com o presidente venezuelano, Nicolás Maduro. Durante o encontro os pares discutiram formas de melhorar a independência econômica do país sul-americano.

    De acordo com a emissora local de televisão, VTV, o presidente venezuelano levou nove áreas de cooperação estratégica para as conversas com a missão russa.

    A Rússia tem dado suporte à soberania da Venezuela e tem sustentado sua opinião de que a Venezuela deve se desenvolver sem interferência externa. Os oficiais dos dois países têm realizado encontros bilaterais de vários níveis para fortalecer os laços entre as nações.

    No final de setembro, o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, encontrou-se com Nicolás Maduro em um encontro paralelo à Assembleia Geral da ONU, em Nova York. Ambos discutiram as relações entre seu países, a interação através da Organização das Nações Unidas e outras organizações internacionais, assim como o desenvolvimento da Venezuela e da região da América Latina.

    Mais:

    Especialistas avaliam impacto da permanência das Forças Armadas na fronteira com Venezuela
    'Venezuela é uma ameaça à estabilidade regional', diz autoridade norte-americana
    Iniciada venda de petros na Venezuela: como é possível adquirir a criptomoeda?
    Air Europa e Venezuela assinam acordos de investimento com pagamento em petro
    Tags:
    crise na venezuela, relações diplomáticas, ONU, Twitter, Sergei Storchack, Sergei Lavrov, Nicolás Maduro, Caracas, Nova York, América do Sul, América Latina, Rússia, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik