11:56 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    First responders surround the Tree of Life Synagogue

    Autoridades de Pittsburgh: 11 morreram em tiroteio na sinagoga

    © AP Photo / Gene J. Puskar
    Américas
    URL curta
    752

    As autoridades de Pittsburgh confirmaram que detiveram o suposto atirador que matou 11 pessoas e feriu quatro policiais na sinagoga Tree of Life (Árvore da Vida), no estado da Pensilvânia.

    "Houve 11 mortes como resultado do tiroteio. Não há crianças [entre vítimas]. Além disso, havia seis feridos, incluindo quatro policiais. Isso não inclui o suspeito", disse uma autoridade em uma coletiva de imprensa.

    As autoridades confirmaram que o suspeito sob custódia é Robert Bowers, cujas ações, segundo Scott Brady, o procurador do Distrito Oeste da Pensilvânia, "representam o pior da humanidade". Brady disse que as acusações criminais podem ser feitas já no sábado.

    Bob Jones, o agente especial encarregado do escritório do FBI em Pittsburgh, diz que os investigadores acreditam que Robert Bowers estava agindo sozinho. Ele diz que os motivos de Bowers ainda não são conhecidos. Segundo Jones a cena do tiroteio na sinagoga foi "a cena de crime mais horrível que eu já vi" em 22 anos com o FBI, informou a AP.

    O oficial do FBI, Robert Allan Jones, disse no briefing que o suspeito estava armado com o que parecia ser um rifle de assalto e pelo menos três pistolas.

    Mais:

    Tiroteio em sinagoga nos EUA resulta em vários mortos (VÍDEO, FOTO)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik