22:27 11 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Provável saída dos EUA do Tratado INF (26)
    281541
    Nos siga no

    A afirmação foi feita neste sábado (20) em discurso em Nevada. Donald Trump afirmou: "Nós iremos acabar com o tratado".

    Nos últimos dias veio à tona o fato de que o conselheiro de segurança nacional de Donald Trump, John Bolton, estaria pressionando o presidente dos EUA para que ele deixasse o tratado firmado ainda na Guerra Fria com a antiga União Soviética.

    O tratado dá conta de armas nucleares de alcance intermediário e data de 1987. Os EUA têm acusado a Rússia de violar o acordo através do desenvolvimento de um novo míssil de cruzeiro. O governo da Federação da Rússia nega as acusações.

    "A Rússia estpa violando o acordo. Eles têm violando o acordo há muitos anos e não sei por que o presidente Obama não realizou negociações ou saiu [do acordo]", afirmou Trump aos repórteres neste sábado (20).

    O acordo estipula a eliminação de mísseis nucleares e convencionais com o alcance entre 500 km e 1000 km e entre 1000 km e 5,5 mil km.

    "Nós não deixaremos que eles violem o acordo nuclear e construam armas […]. Nós somos os que se mantiveram no acordo e nós honramos o tratado, porém a Rússia não, infelizmente, não honrou o acordo então nós acabaremos com ele, vamos air [do acordo]", afirmou.

    Além de acusar a Rússia de estar violando o acordo, Donald Trump afirmou que que os EUA necessitam do desenvolvimento de seus equipamentos militares.

    A possibilidade de que os EUA deixem o acordo ainda sofre resistência de setores do governo, como o próprio Pentágono. Segundo fontes ouvidas pelo jornal britânico The Guardian, Bolton estaria tentando impedir negociações para a extensão de um novo tratado, o "Novo Começo", assinado em 2010 e que expira em 2021.

    Ao longo da fala Donald Trump também falou sobre a China.

    "A não ser que a Rússia venha até nós e a China venha até nós e que eles todos venham até nós e digam 'sejamos todos inteligentes, que nenhum de nós desenvolva essas armas'", disse, e acrescentou: "Mas se a Rússia está fazendo isso e a China está fazendo isso e nós estams mantendo o acordo, isso é inaceitável. Então nós temos um tremendo montante de dinheiro para colocar em nosso setor militar".

    O presindente dos EUA também afirmou que sairá do acordo e que desenvolverá as armas proibidas pelo tratado.

    "A Rússia não está mantendo o acordo, então vamos acabar com ele e vamos desenvolver as armas. Se formos espertos e os outros forem espertos e afirmarem 'Não vamos desenvolver essas terríveis armas nucleares', eu ficarei muito feliz com isso", apontou Trump, que disse ainda que: "Enquanto alguém estiver violando o acordo então nós não seremos os únicos a mantê-lo".

    Tema:
    Provável saída dos EUA do Tratado INF (26)
    Tags:
    armas nucleares, acordo nuclear, Pentágono, John Bolton, Donald Trump, China, União Soviética, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar