17:55 16 Fevereiro 2019
Ouvir Rádio
    Um migrante hondurenho salta da ponte que liga México e Guatemala para evitar o posto fronteiriço em Ciudad Hidalgo

    México abre fronteira para mulheres e crianças em caravana de migrantes rumo aos EUA

    © REUTERS/ Ueslei Marcelino
    Américas
    URL curta
    0 53

    Uma caravana com milhares de migrantes da América Central se esforça para chegar aos EUA. Os andarilhos romperam as cercas da fronteira sul do México com a Guatemala. Trump ameaçou mobilizar os militares para impedir que eles cruzassem a fronteira, prometendo também cortar a ajuda aos países que permitem a passagem da caravana.

    A caravana foi formada em Honduras na semana passada e começou a se mover em direção às fronteiras do sul do México. Os migrantes tentaram atravessar a fronteira guatemalteca, agitando cercas de fronteira, enquanto outros tentaram atravessar a fronteira por um rio. No entanto, a caravana foi detida por dezenas de policiais de choque mexicanos.

    Antes, o presidente hondurenho disse que havia solicitado permissão do governo da Guatemala para enviar forças que ajudem os cidadãos hondurenhos a voltar para casa. Em um post no Twitter na sexta-feira, o presidente hondurenho, Juan Orlando Hernandez se disse disposto a enviar agentes de proteção civil para ajudar os hondurenhos na Guatemala e buscava transporte para aqueles que desejavam voltar para casa.

    O governo mexicano disse anteriormente que os migrantes sem um caso legítimo para reivindicar refúgio no país serão devolvidos aos seus países de origem.

    Tags:
    migrantes, fronteira, Juan Orlando Hernandez, Guatemala, Estados Unidos, México, Honduras