16:56 18 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Um migrante hondurenho salta da ponte que liga México e Guatemala para evitar o posto fronteiriço em Ciudad Hidalgo

    México abre fronteira para mulheres e crianças em caravana de migrantes rumo aos EUA

    © REUTERS/ Ueslei Marcelino
    Américas
    URL curta
    553

    Uma caravana com milhares de migrantes da América Central se esforça para chegar aos EUA. Os andarilhos romperam as cercas da fronteira sul do México com a Guatemala. Trump ameaçou mobilizar os militares para impedir que eles cruzassem a fronteira, prometendo também cortar a ajuda aos países que permitem a passagem da caravana.

    A caravana foi formada em Honduras na semana passada e começou a se mover em direção às fronteiras do sul do México. Os migrantes tentaram atravessar a fronteira guatemalteca, agitando cercas de fronteira, enquanto outros tentaram atravessar a fronteira por um rio. No entanto, a caravana foi detida por dezenas de policiais de choque mexicanos.

    Antes, o presidente hondurenho disse que havia solicitado permissão do governo da Guatemala para enviar forças que ajudem os cidadãos hondurenhos a voltar para casa. Em um post no Twitter na sexta-feira, o presidente hondurenho, Juan Orlando Hernandez se disse disposto a enviar agentes de proteção civil para ajudar os hondurenhos na Guatemala e buscava transporte para aqueles que desejavam voltar para casa.

    O governo mexicano disse anteriormente que os migrantes sem um caso legítimo para reivindicar refúgio no país serão devolvidos aos seus países de origem.

    Tags:
    migrantes, fronteira, Juan Orlando Hernandez, Guatemala, Estados Unidos, México, Honduras
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik