11:11 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Agente da patrulha de fronteira dos EUA perto do limite entre Tijuana (México) e San Ysidro (Califórnia)

    Trump ameaça fechar fronteira se México não reduzir o ritmo da migração

    © REUTERS / Mike Blake
    Américas
    URL curta
    232

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou mobilizar tropas para fechar a fronteira sul do país, se o México não reduzir a avalanche de migrantes de países da América Central.

    Em sua conta no Twitter, o presidente dos EUA acusou os líderes da Guatemala, Honduras e El Salvador de "fazer muito pouco para evitar que um grande fluxo de pessoas, incluindo muitos criminosos, entrem nos EUA através do México".

    "Devo pedir ao México, nos mais duros termos, que ponha fim a essa avalanche e, se isso não for possível, mobilizarei as forças armadas dos EUA e fecharei nossa fronteira sul", escreveu o presidente dos EUA.

    Ele também ameaçou "pôr fim a todos os pagamentos a esses países".

    Trump enfatizou que "a ofensiva" contra os Estados Unidos em sua fronteira sul é uma questão muito mais importante para ele como presidente do que o novo acordo de livre comércio entre os EUA, Canadá e México.

    "Espero que o México ponha fim a essa avalanche em sua fronteira norte", ele reiterou.

    Na opinião do presidente norte-americano, o problema migratório foi gerado pelas leis "fracas" promovidas pelo Partido Democrata.

    Desde 13 de outubro, uma caravana de mais de 3.000 pessoas vem de Honduras com a intenção de cruzar o território mexicano para os Estados Unidos.

    A marcha foi organizada em resposta a vice-presidente dos EUA, Mike Pence, que falou em uma conferência regional recente sobre a América Central "freiam a migração em massa" causada pela corrupção e violência que ocorre em Honduras, Guatemala e El Salvador, países que compõem o chamado Triângulo do Norte Centro-Americano.

    Na quarta-feira, o Ministério de Relações Exteriores mexicano anunciou que as autoridades mexicanas respeitarão os direitos humanos, a livre mobilidade e o direito de solicitar o status de refugiado àqueles centro-americanos.

    Mais:

    Trump diz que os EUA saberão o que aconteceu com Khashoggi 'até o final desta semana'
    Não mais inimigo? Como Trump empurrou Europa para se aproximar da Rússia
    Trump revela principal ameaça para sua presidência
    Tags:
    diplomacia, imigração, fronteira, Mike Pence, Donald Trump, Honduras, Guatemala, El Salvador, Estados Unidos, México
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik