09:48 16 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Jimmy Morales, presidente da Guatemala

    Guatemala nega vistos a funcionários de grupo anticorrupção da ONU

    © AFP 2018 / Johan Ordonez
    Américas
    URL curta
    201

    A Comissão Internacional contra a Impunidade na Guatemala (Cicig) afirmou que o governo do presidente Jimmy Morales negou ou revogou vistos de cerca de uma dúzia de seus funcionários.

    A Cicig é uma organização internacional fundada em 2006 após um acordo entre a Guatemala e a Organização das Nações Unidas (ONU). O objetivo da iniciativa é auxiliar a Procuradoria-geral e a polícia local em casos de crimes graves e do colarinho branco. 

    Entre os afetados pelos vistos revogados está o advogado colombiano Luis Fernando Orozco, que está investigando Morales por um suposto financiamento ilegal de campanha.

    Outro é Cesar Rincon, também advogado e colombiano. Rincon é o representante da comissão em um caso contra o filho e o irmão de Morales por suposta falsificação de documentos para obter fundos do governo.

    Até o momento, Morales não se pronunciou. 

    Mais:

    ONU alerta para o aumento de assassinatos de defensores dos direitos humanos na Guatemala
    Desastre na Guatemala: busca por 197 desaparecidos é suspensa
    Guatemala pede ajuda internacional para lidar com efeitos do vulcão de Fuego
    EUA enviam ajuda à Guatemala para vítimas de vulcão
    Tags:
    Jimmy Morales, Guatemala
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik