16:42 18 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Ministro deu prazo de três horas para o retorno do serviço

    Parte da Venezuela fica às escuras após explosão em subestação de energia

    Marcos Santos / USP Imagens
    Américas
    URL curta
    645

    Um apagão afetou vários estados da Venezuela na noite desta segunda-feira, após uma explosão seguida de incêndio em uma importante subestação energética do país.

    O incidente ocorreu no estado central de Carabobo, na subestação de La Arenosa, uma das sete instalações que recebe eletricidade proveniente do complexo hidrelétrico de El Guri, que responde por cerca de 60% da demanda de toda a nação. 

    De acordo com o ministro da Energia Elétrica, Luis Motta, o problema teria ocorrido em um transformador da estação, por razões ainda não esclarecidas. 

    Visualizar esta foto no Instagram.

    Camaradas! Compatriotas! Venezolanos ... Motivado a una explosión y posterior incendio de un transformador en la Estación La Arenosa ubicada en el Edo. Carabobo, hay una interrupción del servicio en varios estados del Sur Occidente del Pais... la estación la Arenosa es una de las 7 estaciones que reciben desde el Guri en 765.000 voltios y trasmite en 765, 400 y 230 mil hacia el centro y Occidente. Aunado a esto, en el Zulia hay actualmente una fuerte tormenta eléctrica que retarda las maniobras, sin embargo se estima que en un lapso de 2 a 3 horas se vayan recuperando el servicio en los estados afectados. Una vez los bomberos, autoricen la entrada al sitio del suceso, se comenzará la limpieza y reemplazo lo del equipo así como el inicio de la investigación de la causa del evento, lo cual no incide en la recuperación del servicio, ya que la línea se energizó nuevamente. El cambio del equipo puede tomar 72 horas, pero REITERO el servicio eléctrico como tal, se recuperará en 2 o 3 horas... Los mantendremos informados.. GRACIAS!! @nicolasmaduro @delcyrodriguezven @@dcabellor @vtvcanal8 @mazo4f

    Uma publicação compartilhada por @ lmottad em 15 de Out, 2018 às 5:20 PDT

     

    "Uma vez que os bombeiros autorizem a entrada no local do ocorrido, iniciarão a limpeza e troca do equipamento bem como o início da investigação da causa do evento, que não afeta a recuperação do serviço, já que a linha está energizada novamente", disse ele, dando um prazo de três horas para o retorno do serviço de transmissão. 

    Mais:

    Reino Unido poderia provocar apagão na Rússia? Jornalista britânico avalia
    Greve da Eletrobras tem adesão de 85%: paralisação pode causar apagão no país?
    Tags:
    incêndio, eletricidade, apagão, energia, Carabobo, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik