12:21 10 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Apoiadora de Alberto Fujimori pede liberdade para o ex-presidente peruano, condenado por crimes contra a humanidade (arquivo)

    Congresso do Peru aprova lei para impedir prisão de Fujimori

    © AP Photo/ Martin Mejia
    Américas
    URL curta
    0 0 0

    O Congresso peruano aprovou nesta quinta-feira uma lei para que o ex-presidente Alberto Fujimori (1990-2000) não retorne à prisão, após a revogação do indulto que havia sido concedido a ele.

    A lei, apoiada pela bancada majoritária do Fuerza Popular, partido da direita e fujimorista, foi aprovada com um saldo de 48 votos a favor, 27 contra e uma abstenção. Ela prevê que os condenados com mais de 75 anos possam cumprir sua pena de prisão em domicílio, com a única exigência de ter cumprido um terço da mesma em uma penitenciária.

    Condenado a 25 anos de prisão por crimes contra a humanidade, incluindo execuções sumárias, desaparecimentos forçados e sequestros, Fujimori recebeu um indulto do então presidente peruano Pedro Pablo Kuczynski em dezembro do ano passado. No entanto, no início deste mês, o tribunal supremo de investigações preparatórias da Corte Suprema do Peru decidiu que o perdão não possui efeitos legais, decisão elogiada por especialistas da Organização das Nações Unidas, que destacaram a restrição ao uso de indultos em caso de crimes contra a humanidade. 

    Mais:

    Justiça do Peru cancela indulto do ex-presidente Alberto Fujimori
    Mesmo perdoado, Fujimori responderá por massacre de camponeses
    Fujimori: ex-ditador do Peru agradece indulto de seus crimes e pede perdão
    Mais de 5.000 peruanos protestam em Lima contra o perdão do ex-presidente Fujimori
    Tags:
    crimes contra a humanidade, direitos humanos, Fuerza Popular, Pedro Pablo Kuczynski, Alberto Fujimori, Lima, Peru
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik