13:36 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    O presidente dos EUA, Donald Trump, com o juiz Brett Kavanaugh (E), indicado por ele para a Suprema Corte, na Casa Branca

    Senado dos EUA confirma Kavanaugh na Suprema Corte

    © Sputnik / Leah Millis
    Américas
    URL curta
    611

    O Senado dos Estados Unidos confirmou neste sábado a nomeação de Brett Kavanaugh, indicado do presidente Donald Trump para a Suprema Corte.

    Em votação apertada na câmara alta do Congresso americano, Kavanaugh, envolvido em polêmicas nas últimas semanas devido acusações de abuso, saiu vitorioso graças ao apoio de 50 parlamentares, enquanto 48 votaram contra ele. 

    Do lado de fora do Senado, várias pessoas foram detidas ao furar as barreiras da polícia para protestar contra a nomeação de Kavanaugh.

    O juiz foi acusado de abuso sexual por pelo menos três mulheres. Uma delas, Christine Blasey Ford, chegou a dar um depoimento marcante na Comissão Judiciária do Senado que dividiu o público. Nas redes sociais, várias pessoas manifestaram apoio a Ford após a confirmação de Kavanaugh na Suprema Corte, demonstrando indignação. 

    "Que vergonha. Espero que a doutora Christine Blasey Ford não sinta que ela compartilhou sua história com o país por nada. Não foi em vão. Nós estávamos ouvindo. Eu acredito nela."

    Mais:

    Papa aceita renúncia de cardeal dos EUA após denúncias de abuso sexual de menores
    Sylvester Stallone está sob investigação por abuso sexual
    Respondendo a processo de estupro, Cristiano Ronaldo fica de fora de convocação
    Tags:
    Senado dos EUA, Donald Trump, Christine Blasey Ford, Brett Kavanaugh, Washington, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik