06:59 17 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente russo Vladimir Putin com o presidente da Venezuela Nicolás Maduro durante seu encontro em Moscou, em 4 de outubro de 2017

    Rússia se diz pronta para apoiar desenvolvimento da Venezuela, afirma Lavrov

    © Sputnik / Aleksei Kudenko
    Américas
    URL curta
    24253

    A Rússia está pronta para apoiar os projetos da Venezuela no desenvolvimento do país caribenho, disse nesta quarta-feira o ministro russo de Relações Exteriores, Sergei Lavrov.

    "Estamos prontos para fornecer a você um apoio abrangente aos seus projetos no âmbito dos mecanismos que foram criados entre a Venezuela e a Rússia", afirmou Lavrov ao presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, durante sua reunião à margem da Assembleia Geral da ONU, em Nova York.

    "Uma sessão da comissão intergovernamental sobre cooperação comercial e econômica está sendo preparada, esperamos que [para realizá-la] no próximo mês seguinte", acrescentou o ministro russo.

    A Rússia apoiou os venezuelanos em seu esforço pelo direito de escolher seu próprio caminho de desenvolvimento.

    "O presidente [dos EUA Donald] Trump disse ontem [terça-feira] que era firmemente contra a interferência nos assuntos internos [de um Estado], acrescentando que ele apoiava o respeito pela soberania dos Estados. Concordamos com isso", declarou Lavrov.

    O ministro de Relações Exteriores da Rússia também transmitiu os melhores votos e cumprimentos do presidente russo Vladimir Putin a Maduro.

    "Por favor, diga ao presidente Putin que a Venezuela agora está mais forte do que antes. As dificuldades nos tornaram mais fortes. Pegamos o caminho do desenvolvimento econômico apoiado", respondeu Maduro.

    O presidente venezuelano chegou a Nova York nesta quarta-feira, uma semana depois de ter dito que provavelmente perderia a sessão da ONU, por medo de ser assassinado por seus oponentes.

    A Rússia tem apoiado a Venezuela que enfrentou crises econômicas e humanitárias agudas.

    Na terça-feira, Aleksander Shchetinin, chefe do Departamento da América Latina do Ministério de Relações Exteriores da Rússia, disse que Moscou rejeitava categoricamente a pressão das sanções dos EUA sobre a Venezuela e sua liderança política.

    Mais:

    Rússia pode criar base militar na Venezuela?
    Rússia começa a produzir fuzis Kalashnikov na Venezuela em 2019
    Rússia não acredita que uso da força pode resolver a crise na Venezuela
    Tags:
    crise na venezuela, diplomacia, relações bilaterais, Assembleia Geral da ONU, Aleksander Shchetinin, Sergei Lavrov, Nicolás Maduro, Donald Trump, Estados Unidos, Venezuela, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik