09:28 13 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Homem segurando bandeira argentina com imagem das ilhas Malvinas

    Macri reitera na ONU o direito da Argentina pelas Ilhas Malvinas

    © REUTERS / Marcos Brindicci
    Américas
    URL curta
    582

    O presidente da Argentina, Mauricio Macri, reiterou a reivindicação de soberania do país às Ilhas Falkland (Malvinas), governadas pelo Reino Unido, durante o seu discurso à Assembleia Geral da ONU nesta terça-feira.

    "Eu gostaria de reafirmar mais uma vez os legítimos direitos soberanos da Argentina sobre as Ilhas Malvinas, Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul e as áreas marítimas vizinhas", disse Macri.

    O presidente argentino, no entanto, ressaltou seu compromisso com uma "nova fase" das relações com o Reino Unido, baseada na confiança mútua e em um amplo diálogo positivo.

    As Ilhas Falkland, ou Malvinas, como são chamadas na Argentina, continuam sendo objeto de uma disputa de longa data entre a Argentina e o Reino Unido, que levou a um conflito armado em 1982.

    Em março de 2013, as Ilhas Falkland realizaram um referendo sobre o status do território, com 99,8% dos moradores locais preferindo permanecer como território ultramarino britânico.

    Mais:

    Irmãos em guerra: galeses lutaram em lados opostos nas Malvinas
    36º aniversário da Guerra das Malvinas: analistas comentam impactante disputa territorial
    Morales compara luta da Argentina pelas Malvinas com disputa marítima boliviana com Chile
    Tags:
    soberania, diplomacia, ONU, Mauricio Macri, Ilhas Falklands, Ilhas Malvinas, Reino Unido, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik