02:34 16 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Policiais de choque passam por carro da polícia durante protesto contra o governo do presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, na capital, Manágua

    Confrontos deixam um adolescente morto na Nicarágua

    © REUTERS / Oswaldo Rivas
    Américas
    URL curta
    1 0 0

    Homens armados vestidos com capuzes entraram em confronto com manifestantes neste domingo, em Manágua, em mais um dia de protestos contra o governo da Nicarágua. Segundo autoridades locais, ao menos um adolescente morreu e cinco pessoas ficaram feridas.

    Imagens divulgadas pela TV local mostraram vários homens carregando diversas armas e bandeiras de apoio à administração do presidente Daniel Ortega. 

    De acordo com a polícia, Max Romero, jovem de apenas 16 anos, foi morto durante um fogo cruzado iniciado depois que manifestantes começaram a jogar pedras contra residências da região. 

    Dados da Comissão Interamericana de Direitos Humanos dão conta de que mais de 320 pessoas já teriam sido mortas desde o início dos confrontos violentos da Nicarágua, em abril, motivados por um plano do governo para reduzir as aposentadorias da previdência social.

    Os opositores a Ortega exigem que o governo realize eleições antecipadas para que o povo possa escolher um novo líder. Ortega, no entanto, afirma que eles terão que esperar até o final do seu governo, em 2021. 

    Mais:

    OEA condena veementemente a violência na Nicarágua
    Daniel Ortega diz para os EUA 'não mexerem com a Nicarágua'
    Tags:
    manifestação, protestos, Comissão Interamericana de Direitos Humanos, Max Romero, Daniel Ortega, Manágua, Nicarágua
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik