18:55 18 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

    Maduro diz que Venezuela está pronta para repelir invasão militar

    © REUTERS / Carlos Garcia Rawlins
    Américas
    URL curta
    1393

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, chamou o Secretário-Geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, de "lixo", em resposta à sua declaração sobre uma possível invasão militar contra a República Bolivariana.

    Na sexta-feira, o chefe da OEA disse que para resolver a situação na Venezuela não se pode descartar nenhuma opção, incluindo uma possível invasão militar.

    "Quanto ao lixo, que é o secretário-geral da OEA, ele está no ferro-velho da história. A Venezuela é um país de homens e mulheres que forçará esse lixo a respeitá-los", disse Maduro durante uma entrevista coletiva em Caracas.

    Ele também pediu que Almagro preparasse uma invasão, já que ele a anunciara.

    "Se você disser que precisa invadir a Venezuela, prepare seu rifle. Estamos esperando por você aqui", disse Maduro.

    Mais cedo nesta terça-feira, a Assembléia Nacional Constituinte da Venezuela emitiu uma declaração exigindo a renúncia imediata de Almagro.

    A Assembléia Constituinte também criou uma comissão especial, que deve compilar uma lista de atos da "agressão sistemática" contra o país através da violência e do bloqueio econômico e financeiro.

    Mais:

    Venezuela vai à ONU após líder da OEA não descartar invasão militar do país
    Venezuela parece ter encontrado fórmula para afastar EUA e seus aliados (FOTOS)
    China ajudará Venezuela a resistir a sanções dos EUA
    Por que China aposta na aliança estratégica com Venezuela?
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik