02:47 16 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Nicolás Maduro anuncia congelamento de contas de várias empresas do Panamá

    Maduro diz que conspiração contra seu governo 'se mantém' com apoio dos EUA

    Ariana Cubillas/AP
    Américas
    URL curta
    222

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, denunciou nesta terça-feira (18) que grupos de militares aposentados dos EUA "estão conspirando" contra seu governo e com o apoio das autoridades norte-americanas.

    Maduro acusou um venezuelano residente no estado da Flórida de ser um dos envolvidos nesses planos.

    "Temos muita informação de outro general que se movimenta pelas águas do Caribe, chamado Báez, Francisco Báez, que diz que vai dar um golpe de Estado em outubro, ele grita para os quatro ventos", disse Maduro em resposta a uma pergunta feita por um repórter do New York Times.

    O presidente da Venezuela, entretanto, nesta terça-feira que está disposto a manter uma comunicação com seu colega norte-americano, Donald Trump, desde que seja respeitosa.

    "Se o presidente Donald Trump, o Departamento de Estado ou qualquer outro órgão quiser estabelecer um diálogo ou canais de comunicação fluidos e respeitosos, para uma cooperação entre governos, eu estaria pronto e disposto a fazê-lo, com todas as diferenças que temos", afirmou.

    Mais:

    A incrível jornada: turistas filmam família de ursos tentando cruzar lago na Rússia
    Porta-aviões Harry S. Truman se junta à 6ª Frota da Marinha dos EUA
    Chances da Ucrânia de criar base naval serão maiores que de construir uma base em Marte?
    Revelado mistério do planeta gelado no Sistema Solar
    Tags:
    conspiração, sanções, Donald Trump, Nicolás Maduro, EUA, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik