00:09 25 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Donald Trump assinando documentos na Casa Branca (arquivo)

    Trump assina ordem para impor sanções a países que interferirem em eleições

    © AP Photo / Susan Walsh
    Américas
    URL curta
    13217

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou um documento nesta quarta-feira aprovando a adoção de sanções contra Estados ou atores internacionais que tentarem interferir no processo eleitoral norte-americano. A informação foi divulgada nesta tarde pelo conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton.

    De acordo com o funcionário da Casa Branca, as sanções em questão incluirão o bloqueio de ativos e limitações de acesso ao sistema financeiro norte-americano. O documento, no entanto, não especifica que países ou atores poderiam estar na mira de Washington.

    "A ordem executiva prevê que o diretor de Inteligência Nacional conduza avaliações regulares sobre possíveis interferências estrangeiras nas eleições. Solicita relatórios do Departamento de Justiça e do Departamento de Segurança Interna no caso de interferência em eleições ou relacionados à infraestrutura de campanhas", disse Bolton.

    Mais cedo, o atual chefe de Estado dos EUA, que foi acusado de conluio com Moscou com o objetivo de vencer a disputa presidencial de 2016, pediu mais uma vez o fim da investigação sobre o tema que vem sendo conduzida pelo conselheiro especial Robert Meuller.

    ​"O Presidente não demonstrou absolutamente nenhum delito e o Conselho Especial não possui evidências de qualquer irregularidade. Em outras palavras, é hora de acabar com essa Caça às Bruxas", disse Trump, citando o jornalista Lou Dobbs, da FOX. "O 'conluio' russo foi apenas uma desculpa dos democratas por terem perdido as eleições!", acrescentou.

    Mais:

    Google é advertido sobre interferência em eleições na Rússia
    Poroshenko declara que Rússia já 'está intervindo' nas eleições ucranianas
    Inteligência dos EUA contraria Trump e diz que Rússia segue interferindo nas eleições
    Câmara dos EUA aprova projeto para impor sanções a países que apoiam ciberataques
    Tags:
    sanções, eleições, Casa Branca, Robert Mueller, John Bolton, Donald Trump, Washington, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik