23:01 13 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    O presidente Donald Trump e o primeiro-ministro canadense Justin Trudeau posam para uma foto (foto de arquivo)

    Trump ameaça excluir Canadá de novo acordo do NAFTA

    © AP Photo / Carolyn Kaster
    Américas
    URL curta
    444

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou neste sábado (1) excluir o Canadá de um novo acordo do Nafta, depois que as negociações para a reedição do pacto terminaram sem consenso na sexta-feira (31).

    "Não há necessidade política de manter o Canadá no novo acordo NAFTA. Se não fizermos um acordo justo para os EUA depois de décadas de abuso, o Canadá estará fora", postou o presidente em sua conta no Twitter.

    ​"O Congresso não deve interferir nessas negociações ou eu simplesmente acabarei com o NAFTA completamente e nós ficaremos melhor assim".

    As negociações comerciais entre EUA e Canadá devem ser retomadas na quarta-feira (5), e Ottawa e Washington ainda têm tempo para chegar a um acordo que manteria o Canadá no pacto comercial de 25 anos com o México.

    Mas a postagem de Trump pode aumentar consideravelmente a pressão sobre os negociadores canadenses, diz a agência AFP.

    No começo da semana, autoridades haviam chegado perto fechar os termos para que reescrever o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA), mas vazou comentários inflamados de autoridades canadenses irritadas por Trump e ameaçaram derrubar as negociações.

    EUA e México anunciaram um acordo na segunda-feira (27), potencialmente deixando o Canadá na geladeira, mas o ministro das Relações Exteriores de Ottawa, Chrystia Freeland, insistiu que um acordo "ganha-ganha-ganha" está ao alcance dos países.

    A Casa Branca notificou o Congresso na sexta-feira (31) sobre sua "intenção de assinar um acordo comercial com o México — e o Canadá, se estiver disposto — daqui a 90 dias".

    A Casa Branca agora tem 30 dias para apresentar o texto completo de um novo acordo ao Congresso, que dará tempo a Ottawa e Washington para resolverem as diferenças.

    O aviso de Trump ao Congresso para "não interferir nessas negociações" seria uma referência a um possível obstáculo: o fato de os legisladores o autorizaram a chegar a um acordo chamado "fast track" apenas com os dois parceiros do NAFTA, não apenas o México.

    Mais:

    Na Turquia, 3 pessoas são presas por atirarem contra embaixada dos EUA
    EUA bloqueiam projeto de ferrovia que ligaria as duas Coreias
    Jacaré visita escola nos EUA (FOTO)
    Lugar aconchegante: píton 'invade' posto de gasolina nos EUA (FOTO)
    Bombardeiro B-2 Spirit dos EUA será equipado com bomba nuclear de precisão
    Tags:
    acordo comercial, Acordo de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA), Twitter, Casa Branca, Chrystia Freeland, Donald Trump, Washington, Ottawa, México, Canadá, EUA, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik