03:12 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Embaixada dos EUA em Cuba (foto de arquivo)

    Documento revela falhas do Departamento de Estado dos EUA após ataques sonoros em Cuba

    © AP Photo / Desmond Boylan
    Américas
    URL curta
    0 20

    O Departamento de Estado dos EUA respondeu corretamente em termos de segurança aos supostos ataques sonoros contra os oficiais daquela unidade em Cuba, embora falhas tenham sido detectadas no nível de pessoal de segurança e comunicação, de acordo com um relatório Conselho de Revisão de Responsabilidades (ARB).

    "O órgão descobriu que os sistemas e procedimentos de segurança do Departamento de Estado eram, em termos gerais, adequados e adequadamente implementados, embora houvesse vagas significativas para o pessoal de segurança e alguns desafios relacionados à comunicação e troca de informações", disse o Departamento de Segurança de Estado em uma declaração.

    July 16, 2018. President of the US Donald Trump during the joint news conference with President of Russia Vladimir Putin following their meeting in Helsinki
    © Sputnik / Sergey Guneev
    O ARB fez 30 recomendações ao Departamento de Estado, que as aceitou na íntegra, em seis áreas: prestação de contas, coordenação interinstitucional, assuntos médicos, comunicação e troca de informações, análise de riscos e benefícios e segurança diplomática.

    Em referência à prestação de contas, o texto enfatiza que não havia um alto funcionário designado como responsável pela resposta aos ataques, o que "resultou em comunicação ineficiente com os funcionários e impediu a coordenação entre o Departamento e outras agências".

    Além disso, em termos de coordenação entre as agências, a ARB concluiu que a informação interinstitucional deveria ser melhorada para uma melhor compreensão do problema e, assim, ser capaz de fornecer respostas iniciais de maneira mais coordenada.

    O documento também destaca a falta de recursos de saúde para um acompanhamento a longo prazo deste tipo de incidente.

    Tags:
    ataque sonoro, falha, Departamento de Estado dos EUA, Cuba, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik