16:08 17 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    071
    Nos siga no

    O Ministério das Relações Exteriores da Colômbia disse que o país reconheceu a Palestina como um Estado soberano, de acordo com reportagem da agência de notícias francesa AFP. Decisão foi tomada no apagar das luzes do governo de Juan Manuel Santos, que deixou o cargo ontem.

    Santos teria entregue uma carta ao ministro das Relações Exteriores palestino Reyad al-Malki com o reconhecimento formal, de acordo com a agência palestina WAFA.

    A agência de notícias espanhola EFE informou que a missãoo diplomática palestina na Colômbia disse que o país reconhecerá a Palestina como um "Estado livre, independente e soberano".

    De acordo com o Haaretz, a decisão deve ter pouco peso, já que Santos passou a faixa presidencial para o uribista e opositor, Ivan Duque na tarde de ontem. Com a recente associação à OTAN e a pleiteação à OCDE nos estágios finais, é bastante provável que o sucessor em Bogotá se distancie de Washington, um firme apoiador do Estado israelense.

    Coincidência ou não, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu cancelou na semana passada uma viagem programada para a Colômbia. Oficialmente, o motivo foi a recente escalada militar na Faixa de Gaza. O ministro da Cooperação Regional, Tzachi Hanegbi, fez a visita no lugar de Netanyahu.

    Tags:
    Washington, Estados Unidos, Bogotá, Faixa de Gaza, Colômbia, Israel, Palestina, Benjamin Netanyahu, Tzachi Hanegbi, Juan Manuel Santos, Reyad al-Malki, WAFA, Efe, OTAN, Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Ministério da Cooperação Regional de Israel, AFP
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar