17:16 16 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Iván Duque, presidente eleito da Colômbia

    Novo presidente colombiano vai modificar acordo de paz com as FARC

    © REUTERS / Andres Stapff
    Américas
    URL curta
    112

    O novo presidente colombiano, Iván Duque, disse nesta terça-feira (07) durante seu discurso de posse que buscará corrigir "falhas estruturais" do Acordo de Paz com as FARC, assinado no governo anterior de Juan Manuel Santos.

    "Corrigiremos falhas estruturais que se tornaram evidentes na implementação, as vítimas devem esperar que haverá reparação moral, material e econômica por parte de seus autores e que eles não serão atacados pela impunidade", disse Duque em seu discurso sobre uma hora e que se pronunciou na Plaza de Bolívar, no centro histórico de Bogotá.

    Duque também enfatizou que o processo de diálogo com o Exército de Libertação Nacional (ELN) deveria ser conduzido sem violência e com "rígida supervisão internacional".

    "Quero deixar claro que um processo confiável deve basear-se na cessação total de ações criminosas, com rígida supervisão internacional e tempos definidos, queremos avançar, mas o povo colombiano não tolerará que a violência seja legitimada como meio de pressão sobre o Estado", disse Duque.

    O anúncio corresponde a seus discursos de campanha, nos quais ele insistiu que manterá as conversações de paz com o ELN, mas sob a premissa de que os guerrilheiros devem primeiro parar seus atos de violência contra a infraestrutura do país e acabar com a prática da guerra sequestro.

    Tags:
    acordo de paz, cerimônia, posse, ELN, FARC, Iván Duque, Colômbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik