20:49 14 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Pessoas no local do acidente do avião mexicano na área de Durango

    Especialista russo aponta o que salvou passageiros do avião mexicano acidentado

    © AP Photo / Red Cross Durango
    Américas
    URL curta
    2260

    Os passageiros do avião que caiu no México conseguiram se salvar devido ao fato de que a aeronave não chegou a alcançar alta velocidade, acredita Viktor Galenko do Conselho de Especialistas Interdepartamental.

    Nesta terça-feira (31), um avião Embraer 190 da empresa aérea Aeroméxico, que transportava 97 passageiros e 4 tripulantes, sofreu um acidente no estado mexicano de Durango.

    De acordo com o governador do Estado de Durango, José Aispuro, depois de decolar, a aeronave foi afetada por uma forte corrente de vento, que a fez perder altitude dramaticamente, acabando por roçar o solo com a asa esquerda e por perder dois motores.

    Felizmente, o acidente não provocou mortos. Aproximadamente 80 pessoas ficaram feridas.

    "O avião entrou em um forte fluxo descendente na zona de precipitações. Trata-se de um fenômeno meteorológico raro", assinalou Galenko em entrevista à Sputnik.

    De acordo com o analista, tal tipo de eventos é impossível de ser previsto.

    "Naquele momento, na área do aeroporto havia vento fraco no solo, mas também uma forte tempestade", acrescentou o interlocutor da agência. 

    Segundo ele, naquele momento a tripulação foi incapaz de empreender alguma ação, mas os passageiros se salvaram graças à altitude relativamente baixa em que a aeronave seguia.

    "Depois de decolar, o avião não ganhou uma atitude muito alta por estar totalmente lotado", assinalou Galenko. 

    Mais:

    Helicóptero sofre acidente em Pequim (VÍDEO)
    Acidente com embarcação deixa mortos e feridos nos Estados Unidos
    Acidente de trem na Turquia deixa vários mortos e feridos
    Tags:
    acidente, México
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik