14:48 15 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    432
    Nos siga no

    O atual presidente norte-americano, Donald Trump, poderia ter sido "recrutado" ainda em 1987 durante a sua visita a Moscou, escreve a revista New York Magazine.

    A edição liga o início da carreira política de Trump em 1987 à sua viagem a Moscou para discussão da possível construção de um hotel. Com isso, um ano antes, em Nova York o futuro presidente se encontrou com o embaixador soviético, Yuri Dubinin. Comunica-se que o hotel nunca chegou a ser construído, mas "Trump voltou da Rússia com ambições políticas".

    Nota-se que o Kremlin pode ter um material comprometedor contra Trump após suas visitas a Moscou em 1987 e 2013. Além disso, para a revista, a falta de desejo do presidente de publicar a sua declaração de impostos pode ter a ver com o fato de ao longo de muitos anos ele "ter podido receber dinheiro russo de várias maneiras".

    Atualmente, nos EUA está em curso uma investigação sobre o alegado envolvimento da Rússia nas eleições norte-americanas, bem como sobre as supostas ligações de Trump a Moscou, refutadas tanto no Kremlin, como na Casa Branca.

    Os dois presidentes, Vladimir Putin e Donald Trump, vão se encontrar em Helsinque em 16 de julho. Conforme informaram no Kremlin, os líderes vão discutir as perspectivas do futuro desenvolvimento das relações bilaterais e assuntos atuais da agenda internacional. Será o primeiro encontro pleno entre Trump e Putin, ou seja, que não coincide com outras cúpulas.

    Mais:

    Presidente da Ucrânia espera que Trump volte Putin 'ao caminho certo'
    Trump avisou Putin sobre 'estúpidos' na Casa Branca, diz jornal
    Como Ásia e Rússia planejam fazer frente aos EUA no comércio internacional?
    Tags:
    construção, hotel, visita, Donald Trump, URSS, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar