14:40 19 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Barack Obama respondeu a perguntas sobre o acordo com o Irã em coletiva de imprensa realizada na Casa Branca nesta quarta-feira (15)

    Mídia: Obama teria concedido cidadania estadunidense a 2.500 iranianos

    © AP Photo / Susan Walsh
    Américas
    URL curta
    0 80

    Mais de 2.000 iranianos supostamente receberam cidadania dos EUA no âmbito do Plano de Ação Integral Conjunta, também conhecido como acordo nuclear com o Irã, por cortesia da administração Obama.

    O presidente do comitê nuclear do Parlamento do Irã, Hojjat al-Islam Mojtaba Zolnour, anunciou que cerca de 2.500 iranianos teriam recebido cidadania norte-americana concedida pela Casa Branca em 2015.

    "Quando Obama, durante as negociações sobre o JCPOA (acordo nuclear iraniano), decidiu fazer um favor a esses homens, ele concedeu a cidadania a 2.500 iranianos e algumas autoridades iniciaram uma competição sobre cujos filhos poderiam fazer parte desses 2.500 iranianos", disse Zolnour.

    Ele também observou que, se essas pessoas acabarem sendo deportadas, "ficará claro quem é cúmplice e vende o interesse nacional como estivesse vendendo doces para os Estados Unidos".

    De acordo com Zolnour, apenas 60 dessas pessoas estudavam nos Estados Unidos, enquanto o resto trabalhava no país "contra nossos interesses nacionais".

    A ex-porta-voz do Departamento de Estado de Obama, Marie Harf, no entanto, disse que as alegações de Zolnour soavam "como totalmente inventadas", observou a Fox News.

    Tags:
    Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA), Parlamento do Irã, FOX News, Casa Branca, Departamento de Estado dos EUA, Hojjat al-Islam Mojtaba Zolnour, Marie Harf, Irã, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik