08:34 21 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Soldados norte-americanos em veículo armado durante o exercício militar ''Dragoon Ride''na Lituânia

    Pentágono teme ser incapaz de defender Europa do Leste de possível invasão russa

    © AP Photo / Mindaugas Kulbis
    Américas
    URL curta
    12113

    Os militares estadunidenses não terão tempo para parar as forças russas em caso de uma invasão da Polônia. A tal conclusão chegou o Pentágono após realizar uma simulação de confronto militar entre países da OTAN e a Rússia, informou o The Washington Post.

    Segundo o jornal, os EUA realizaram ao menos um exercício deste tipo.

    "A Rússia terá tempo para tomar os países Bálticos enquanto o Estado-Maior do exército dos EUA estiver preenchendo os 17 formulários necessários para deslocar as melhores forças da OTAN desde o território alemão até à Polônia", sublinha o jornal.

    Outro problema no caminho do exército americano são as estradas estreitas e a fraca infraestrutura de transportes. Em particular, trata-se de pontes pouco resistentes, que simplesmente não poderão aguentar o peso dos tanques estadunidenses.

    A burocracia nos países europeus é mais um obstáculo para as forças dos EUA, acrescenta a edição.

    "O avanço das tropas poderá ser travado por controladores de passaportes oficiais e companhias ferroviárias teimosas", relata o The Washington Post.

    O jornal lembra que os Estados Unidos já enfrentaram problemas semelhantes em 2017. Naquela vez, o comando americano gastou quatro meses para tentar enviar de volta à Alemanha, lugar de deslocamento permanente, seus veículos blindados de transporte de infantaria que foram utilizados durante manobras na Geórgia.

    Mais:

    O que está levando economia dos EUA à beira do abismo?
    Secretário de Defesa dos EUA anuncia visita à China
    Tags:
    infraestrutura, burocracia, obstáculos, invasão, Pentágono, Rússia, Geórgia, Países Bálticos, Polônia, Europa, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik