13:32 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

    Maduro anuncia aumento do salário mínimo de 103% para os venezuelanos

    © REUTERS / Carlos Garcia Rawlins
    Américas
    URL curta
    262
    Nos siga no

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta quarta-feira um aumento de 103% do salário mínimo integral, em um contexto de hiperinflação que aflige o país caribenho.

    "A partir de hoje, os trabalhadores receberão […] um aumento integral de 103%", disse Maduro em um evento em Caracas para comemorar o primeiro ano do programa social de Chamba Juvenil, que consiste em fornecer treinamento e empregos para jovens.

    O salário integral mínimo passou de 2.555.500 bolívares para 5.196.0000 bolívares, ou seja, de US$ 0,94 para US$ 1,92, de acordo com a taxa de câmbio do mercado paralelo, que rege a maioria dos comerciantes para fixar os preços dos produtos.

    A inflação de maio chegou a 110% de acordo com a Assembleia Nacional (Parlamento unicameral), que publica mensalmente esses dados desde que o Banco Central parou de fazê-lo, em 2015.

    O Fundo Monetário Internacional (FMI) estimou que a Venezuela encerrará este ano com uma inflação de 13.864% e com uma queda de 15% em seu Produto Interno Bruto (PIB).

    Mais:

    Maduro acusa Colômbia de provocar um conflito armado com Venezuela
    Venezuela emitirá 100 milhões de petros no valor de US$ 6 milhões
    Eles não têm vergonha: mídia dos EUA pede abertamente um golpe na Venezuela
    Tags:
    pobreza, crise na venezuela, salário mínimo, inflação, FMI, Nicolás Maduro, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar