17:42 20 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Adultos e crianças em cela da polícia de fronteira dos EUA (foto de arquivo)

    Câmara de Comércio dos EUA pede o fim da separação de famílias na fronteira

    © AFP 2018 / John Moore/ Getty Images/ AFP
    Américas
    URL curta
    0 02

    A Câmara de Comércio dos EUA pediu nesta terça-feira (19) o fim da política do governo de Donald Trump de separar crianças de pais que tentam entrar ilegalmente nos Estados Unidos na fronteira com o México.

    "Alguns funcionários do governo supostamente veem a política de separar as crianças de seus pais como alavancagem para obter outras mudanças na política de imigração do Congresso", disse Thomas Donohue, presidente do grupo, em um comunicado."Certamente uma nação tão grande, generosa e compassiva quanto os Estados Unidos pode encontrar uma maneira de impedir a separação de crianças de seus pais na fronteira. Se não podemos concordar com isso, então não podemos concordar com nada."

    Desde abril de 2018, os Estados Unidos processa quem tenta entrar no país ilegalmente. Caso algum imigrante seja detido sem documentos, e esteja acompanhado de uma criança, as famílias são separadas até que o processo dos maiores de idade esteja concluído. 

    Como crianças não podem ser presas, elas são mantidas em centros de detenção e também podem ser retiradas destes locais caso o governo localize algum parente dela nos Estados Unidos. Advogados que buscam defender as crianças, contudo, afirmam que o sistema de busca por familiares é falho.

    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik