20:27 15 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Protestos na Nicarágua

    Nicarágua retomará diálogo nacional para tentar pôr fim à violência

    © REUTERS / Oswaldo Rivas
    Américas
    URL curta
    120

    O Governo da Nicarágua e a Aliança Cívica, representando os manifestantes opositores ao governo de Daniel Ortega, retomarão o diálogo nacional nesta sexta-feira em meio à nova onda de violência, informa a imprensa local.

    Nesta sexta-feira se inicia o diálogo nacional entre os setores da sociedade civil e do governo e a polícia de choque e paramilitares estão removendo as barricadas nos bairros de Manágua e "detendo várias pessoas", informou o jornal nicaraguense La Prensa.

    A vice-presidenta do país, Rosario Murillo, confirmou nesta quinta-feira seu apoio à delegação do governo, chefiada pelo ministro das Relações Exteriores, Denis Moncada, e ao diálogo nacional de reconciliação, relatou Telesur.

    Os bispos da Conferência Episcopal anunciaram na quarta-feira terem recebido a resposta do presidente Ortega e, por essa razão, declararam a retomada do diálogo nacional na sexta-feira.

    Na semana passada, a Igreja Católica local, que atua como um mediador no diálogo, informou em um comunicado que apresentou uma proposta de "democratização" ao presidente Ortega, com intuito de retomar o diálogo nacional, suspenso em 23 de maio por falta de consenso.

    Diversas manifestações contra o governo estão sendo realizadas no país desde 18 de abril. Os confrontos entre os manifestantes e a polícia já resultaram em 147 mortes, de acordo com o Centro Nicaraguense de Direitos Humanos.

    A Frente Sandinista para a Libertação Nacional, atualmente no poder, afirma que os protestos são parte de um "golpe suave" que visa derrubar o presidente.

    Mais:

    Protestos mortais na Nicarágua: Igreja Católica e Ortega retomam diálogo
    Protestos na Nicarágua deixam 11 mortos e 80 feridos em 24h
    Governo da Nicarágua pede que OEA investigue mortes no país
    Terremoto atinge costa da Nicarágua
    EUA retiram diplomatas da Nicarágua devido a violência
    Após protestos, mortes e condenação dos EUA, Nicarágua cancela reforma de sua previdência
    Tags:
    diálogo, manifestações, Daniel Ortega, Nicarágua
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar