02:14 15 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Nesta foto disponibilizada pelo governo federal alemão, a chanceler alemã Angela Merkel fala com os EUA. O presidente Donald Trump é visto sentado à direita durante a Cúpula dos Líderes do G7 em La Malbaie, Quebec, Canadá.

    Trump: EUA não devem assinar documento final do G7

    © AP Photo / Jesco Denzel
    Américas
    URL curta
    1134

    Em mais um tweet polêmico, o presidente dos EUA, Donald Trump chama declarações do primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, de desonestas, referindo-se a ele como "fraco" e ainda diz que, devido às declarações, instruiu seus representantes e deputados a não apoiarem o documento final do G7.

    Postando a bordo do Força Aérea 1, após deixar Quebec em direção a Cingapura, onde encontrará o líder norte-corean Kim Jong-un, Trump criticou as falas de Trudeau na conferência do G7, chamando-as de desonestas e fracas.

    Mais cedo, Trudeau afirmou que o documento do G7 foi acordado entre todos os países. Mais tarde o documento foi publicado. O primeiro-ministro canadense chamou as tarifas de aço e alumínio dos EUA de "insulto" e anunciou medidas de retaliação.

    Em resposta aos tweets de Trump, o gabinete de Trudeau afirmou pôs panos quentes na situação, afirmando que o primeiro-ministro canadense não disse nada que não teria sido dito antes, tanto em público quanto em conversas com Donald Trump.

    Antes do encontro do G7, as relações entre os países da organização vinham se deteriorando. Isso devido a Washignton ter retirado o veto de taxas sobre aço e alumínio sobre o Canadá, México e União Europeia. Em resposta ao movimento de Trump, Canadá e UE adotaram medidas de retaliação.

    O G7 é atualmente composto por Alemanha, Canadá, EUA, França, Itália, Japão e Reino Unido. O comunicado conjunto no documento final da reunião acena na direção do enfrentamento das barreiras comerciais e a normalização das relações entre os países, tensionadas devido ás barreiras impostas pelos EUA.

    Mais:

    G7 fecha acordo para tomar 'novas medidas' contra a Rússia
    Graças a Kim Jong-un, Trump ganha 'tapinhas nas costas' de líderes do G7
    Merkel revela o que precisa acontecer para a Rússia voltar ao G7
    Este ano poderá ser o último para existência do G7?
    Trump diz que Rússia deve participar da cúpula do G7
    Tags:
    Donald Trump, Justin Trudeau, Canadá, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik